• Sem produtos no carrinho

FALA KBÇA! Não sei se você gosta de games mas eu aprendi algumas coisas com isso. Leia o artigo na integra e descubra como o mindset dos games pode ajudar você no TCC.

Sempre gostei de vídeo games. Lembro até hoje do meu primeiro Atari genérico, do meu primeiro Nintendo, de instalar jogos e emuladores no computador e mais recentemente no Xbox. Mas uma coisa eu nunca esqueci: da minha paixão pelos jogos do Mario.

Por incrível que pareça eu sempre achei que o vídeo game fazia bem para o meu desenvolvimento. Sempre me senti desafiado em ter um raciocínio rápido e coordenação motora. Mesmo que os mais velhos (nos anos 80´, 90´) dissessem que o vídeo game estragava a televisão, os olhos e alienava a gurizada de jogar uma bola na rua.

Mas meu encanto pelo universo dos games vai muito além das trilhas e gráficos dos jogos, existia uma coisa que mexia muito comigo: o desafio de vencer.

Eu observei amigos (eu também) desistindo de jogos por não conseguirem passar de fase, travando na primeira dificuldade, não pedindo ajuda. No entanto, tentei fazer disso uma leitura para a vida.

Sempre encarei as coisas da vida acadêmica como desafios, uma espécie de jogo, no qual existem missões e fases para serem cumpridas. E o big boss vai muito além da entrega e finalização de um trabalho. Entregar uma monografia é muito mais do que uma tarefa acadêmica. Para mim sempre representou um atestado de que sou capaz, que consigo encarar desafios e dificuldades. E logo, consigo ir mais além.

Já vi muitos amigos e alunos, desistirem do jogo na primeira fase, deixando o pânico e o medo ganharem. No mundo pós-moderno em que vivemos, é fácil acharmos fugas em coisas mais interessantes como olhar uma série no NETFLIX ou assistir Stories no Instagram. Fala sério! Baladas ou reunir os amigos tornam-se programas bem mais interessantes do que sentar e escrever um trabalho acadêmico de noite.

Um trabalho acadêmico pode ser encarado como desafio pessoal e profissional. É uma bela oportunidade para colocarmos em prática nossos conhecimentos e por que não, PAIXÕES. Não somos obrigados a escolher um assunto que não nos interesse! Precisamos antes de escrever, estarmos cientes dos nossos propósitos, nossas capacidades.

Mas afinal, qual assunto me motiva?
O que eu gostaria de aprofundar meus conhecimentos?
O que me dá tesão na vida?
Sobre o que eu posso escrever que será útil para o meu futuro?
Como posso otimizar meu tempo com as minhas atividades diárias?

Depois de descobrirmos essas e outras questões, talvez possamos nos habilitar a encarar a escrita e a execução das nossas tarefas acadêmicas. Encare o BIG BOSS do TCC com as suas paixões e como uma oportunidade para ser melhor.

Curtiu esse conteúdo? Então curta nossos canais e compartilhe com os seus amigos ou alguém que precise do SACADAS DO TCC.

Profe. Misa

Fala Kbça! � Você Está Tendo Dificuldades Com o TCC? � Relaxa, Eu Tenho Umas SACADAS Para Ajudar Você! Acesse o Nosso Site � http://www.sacadasdotcc.com.br

POSTS RELACIONADOS

COMENTE PELO FACEBOOK